Não importa o quanto você foi longe

“Não importa o quanto você foi longe no caminho errado. Volte para trás.”

Esse é um provérbio turco que eu gosto muito. Ele faz muito sentido para mim e gosto de aplicá-lo sempre em minha vida.

Ao longo da nossa vida, é muito provável que você já tenha andado pelo caminho errado. Mas o que é o caminho errado? Aquele que não te leva para o lugar que você quer.

Por exemplo. Você quer passar em um concurso, mas você não estuda direito, não faz exercícios, não tem disciplina. Aí você não passa (óbvio). De repente você tem um estalo e percebe que esta andando pelo caminho errado. O que você deve fazer? Apenas voltar.

Mas infelizmente isso não é tão simples assim, por causa do nosso ego. Existe uma parte de nós que se preocupa muito com o que os outros vão achar das nossas escolhas. Ele nos faz ter medo de fazer escolhas para não corrermos o risco de errar.

Outra coisa que o nosso ego gosta de fazer também, é nos iludir sobre o lugar maravilhoso que é a nossa zona de conforto. Sair da zona de conforto dá trabalho e é muito melhor ficar aqui, onde eu conheço, onde eu sei no que vai dar.

Mas Daniel, ainda não entendo porque é errado ficar na zona de conforto. Não tem nada de errado em ficar na zona de conforto, apenas você precisa ter consciência disso e parar de desejar ter outra vida diferente da que você já tem. Se você está em uma situação confortável, onde o que você tem lhe basta, e acima de tudo, você é feliz, não tem nada de errado nisso. Apenas seja feliz e viva sua vida do jeito que ela é.

A grande questão é que a maioria dos seres humanos estão muito infelizes com a vida que levam, o que explica essa busca desenfreada pelo sucesso. O que também não tem nada de ruim.

Se faz sentido para você, estar sempre buscando uma vida melhor, tudo bem. Se isso te faz feliz, é o que realmente importa.

Tá Daniel, então não sei onde você quer chegar.

Tanto aqueles que querem continuar vivendo a vida que possuem quanto aqueles que querem outra vida, não existe nenhum problema nisso, se realmente elas se sentem felizes e realizadas com isso e, sinceramente, essa não é nem de longe o perfil da maioria das pessoas que encontro por aí .

A maioria está vivendo na zona de conforto e deseja mudar de vida, o que é completamente incompatível.

Outra parte dessa maioria está tentando mudar de vida mas não o faz de uma forma eficiente, o que também é incompatível.

Essa grande maioria que não está conseguindo o que quer pelos motivos acima é a grande maioria que se sente frustrada com a vida que tem e o que estou falando aqui é exatamente para eles, que se sentem frustrados com a vida que tem.

Se você se sente assim, frustrado, então eu quero que você pense nesse provérbio turco:

Não importa o quanto você foi longe no caminho errado. Volte para trás.

Não importa o quanto tempo você ficou sem estudar, se quer passar em um concurso, simplesmente, volte para trás, ou seja, comece a estudar. Não perca o seu tempo lamentando todo o caminho que percorreu até aqui e que não te levou onde queria lá no início.

E o engraçado desse provérbio é que ele é aplicável em todas as áreas da nossa vida.

Se você sempre quis emagrecer  e nunca conseguiu, olhe o caminho que andou para atingir esse objetivo. Perceba que ele não te levou onde queria. Agora volte para trás. Lembre-se que o caminho que te leva ao objetivo de emagrecer tem a ver com gastar mais energia do que você consome. E aí qualquer método que já tenha ajudado outra pessoa a atingir esse objetivo com saúde vale a pena ser utilizado.

Se o seu objetivo era ter um casamento feliz e você até hoje não conseguiu, simplesmente volte para trás. Perceba que o caminho percorrido até aqui não te levou para onde queria. Agora pare, volte para trás e siga outro caminho que te leve ao casamento feliz. Qualquer casamento feliz precisa de amor, companheirismo, cumplicidade, fidelidade, tolerância… Se o caminho que você seguiu até aqui não continha esses elementos, pare, volte e adote esses novos comportamentos.

Se o seu objetivo sempre foi passar em um concurso mas você não praticava os elementos básicos como estudar com disciplina, constância, determinação, força de vontade. Se você sempre quis passar em concurso e nunca sentou para realmente aprender o conteúdo necessário, nem praticou esse conteúdo através dos exercícios, pare agora, não se lamente do quanto você andou, simplesmente volte para trás e siga o caminho que vai te levar para o objetivos que você quer.

Eu poderia ficar horas aqui falando sobre diversas áreas da sua vida que podem ser transformadas a medida que percebe estar no caminho errado e volta para trás.

A maioria das pessoas quando percebem que estão no caminho errado simplesmente param na beira da estada, sentam sobre uma pedra e ficam chorando e se lamentando de não terem ainda chegado no lugar onde queriam. É essa atitude que precisa ser mudada urgentemente.

Lamentar de tudo que foi feito de errado é a coisa mais inútil que alguém pode fazer para atingir o seu objetivo. Chorar por ter seguido pelo caminho errado não fará ninguém chegar no caminho certo. A única coisa que pode ser feita e que realmente funciona é parar de seguir nesse caminho e seguir outro caminho.  Simplesmente volte para trás e siga o caminho que te levará onde você quer.

Quando fazemos isso vencemos nosso ego e conquistamos nossos objetivos. E o mais importante, não importa o quão longe você foi. Não importa quantos caminhos errados você tomou. Não importa quantas vezes você caiu. Não importa o quanto bateu a cabeça até aqui. A única coisa que importa é perceber que esse caminho não está te levando onde quer e portanto, você precisa voltar para trás.

Dessa forma, eu tenho certeza, que mais cedo ou mais tarde você chegará onde deseja, e esse lugar, só importa para você, porque o que queremos de verdade é sermos felizes e esse é o melhor lugar onde podemos estar! 

 

Aproveite e deixe seu comentário aqui em baixo compartilhando o quanto esse texto fez sentido para você! 

Aproveite e nos siga nas redes sociais:

Facebook: https://goo.gl/j5jWsc

Instagram Prof. Daniel Sena: https://goo.gl/NtsieG

Instagram do Curso: https://goo.gl/eczBNB

Youtube: https://goo.gl/YMG8B7

Twitter: https://goo.gl/jmu1nF

Quer mais informações sobre a próxima turma do Eagle Coaching? Cadastre-se aqui: https://goo.gl/a2XLMN

Baixe o ebook GRATUITAMENTE onde explico o Método CPR que vai otimizar os seus estudos e acelerar a sua aprovação: https://goo.gl/PRUqXp

 

 

6 Comentários

  • Decidi estudar para concurso em abril de 2017, quando tive que escutar merda de parente. Foi foda! Abandonei a advocacia e fechei uma lojinha que eu tinha. Além de dívidas, trouxe muitos conhecimentos e experiências vividos. Com o apoio da minha esposa e de minha mãe, iniciei os estudos para o TJSP capital. Achando que sabia tudo, tomei pau. Eliminado. Não desisti. Na sequência, TJSP interior. Habilitado, porém não classificado. Percebi uma certa evolução. Como já vinha estudando, me inscrevi para provas da PC SP, apenas para ter experiência de prova. Fiquei por 2 pontos para escrivão e agepol. Foi quase!
    Criei muita expectativa nessas provas e meu tombo foi grande. Chorei, bebi todas, enlutei por alguns dias, mas voltei. Próximo passo, TRT 2 e 15. Como estudei com edital aberto, já esperava a reprovação.
    Hoje estudo, sem edital aberto, com calma e focado naquilo que faço.
    Mas diante tudo isso, me fiz recluso de todos aqueles que me cercam e, neste tempo, comecei me cobrar por “não fazer nada da vida. SÓ estudar” (como já ouvi). Grande erro. Não saía de casa para nao ter que aturar ninguém me perguntando onde estou trabalhando ou que estou fazendo da vida, já que moro em uma cidade pequena e todo mundo sabe e cuida da vida do outro.
    Hoje nada disso me atrapalha, já que foi a escolha que fiz e tive apoio das pessoas mas importantes da minha vida: meus 2 filhos, minha esposa e minha mãe.
    Só um “causo”: toda semana ajudo minha esposa e sogro como “office boy” da farmácia que eles têm. Vou aos bancos fazer pagamentos, depósitos e outros serviços. Antes, eu me trocava (calça, camisa, sapato) para realizar essas tarefas com receio de receber questionamentos. Hoje, apertei o botão do “foda-se” e os ajudo da mesma forma, mas de camiseta velha, bermuda furada (nao tem roupa mais conforatvel pra estudar que as mais surradas) e tênis… kkķkkkkkk
    A zona de conforto é muito perigosa e diariamente luto para não permanecer nela.
    Desculpe o textão, Daniel! Mas suas reflexões me ajudam e me norteiam rumo à aprovação.

    • Uma ótima reflexão. Espero que ela tenha te ajudado a ter uma visão mais clara de si mesmo e de todo o poder que está aí dentro!!! Continue fazendo o seu melhor! Lá na frente tudo valerá a pena!!!

  • Professor,que bela mensagem.sigo firme na luta,estou me preparando há quase dois anos já,sigo firme na luta.vem carreira policial por aí,eu acredito e vamos firme!

  • Sábias palavras,o importante é nunca desistir,criar novos caminhos levam nos a descobrir o quão magnífico é acreditar que podemos ir mais longe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *